Nota da Secretaria Geral da Intersindical sobre a abertura do processo de impeachment

7 de dezembro de 2015 at 11:59 pm Deixe um comentário

Postado: INTERSINDICAL CENTRAL DA CLASSE TRABALHADORA

Impeachment002O impeachment da presidente não é uma medida para beneficiar o povo brasileiro. Ao contrário, o “fora Dilma” permitiria a Temer aplicar o programa que o PMDB negociou com o grande capital, como aposentadoria só depois dos 65 anos (60 se mulher) e desvinculação da aposentadoria ao salário mínimo, terceirização geral, prevalência do negociado sobre o legislado que acaba com os direitos trabalhistas, fim da destinação constitucional de verbas para a saúde e educação públicas.

Quem deve ser impedido de prosseguir no cargo é Eduardo Cunha, que não tem legitimidade para ser presidente da Câmara. “Seus” milhões na Suíça, suas mentiras e chantagens provam isso. Sem falar de sua atuação para acabar com os direitos trabalhistas, das mulheres, da juventude pobre, dos indígenas.

Ser contra o impeachment da presidente não significa apoiar o governo e sua política indefensável. É preciso derrotar o processo de impeachment, mas também combater o ajuste fiscal do governo Dilma que joga a crise nas costas do trabalhador.

A maioria do povo brasileiro tem razão para estar enfurecida com a presidente. Por isso, devemos fazer pressão total pela reversão dessa política recessiva, que eleva o desemprego, destrói políticas públicas e leva milhões de pessoas ao desespero. Mas não podemos nos deixar enganar por uma campanha orquestrada para impor um governo ainda mais comprometido com os interesses antipopulares.

Essa campanha da direita não visa acabar com a corrupção no Brasil ou punir a chamada “pedalada fiscal”. Objetiva, na verdade, garantir renda pública e do trabalho para restabelecer a acumulação expandida do grande capital, mesmo que isso signifique ampliar a exploração sobre o povo e agravar a crise social.

Indio IntersindicalEdson Carneiro Índio

Secretário Geral da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora

Entry filed under: Política. Tags: .

Projeto de reorganização das escolas de São Paulo será adiado por um ano Contra o impeachment! Não ao ajuste fiscal! Fora Cunha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS PSOL São Paulo

  • O Povo de Axé convoca para a Marcha Contra o RE494601
    Ocuparemos a Avenida Paulista para dizer não ao Recurso Extraordinário que tenta criminalizar as práticas litúrgicas de alimentação, nas religiões de afro-brasileira. Ocuparemos as ruas para falar da nossa indignação e exigir que se cumpra o direito de Liberdade ao Culto, mantendo-se os costumes e tradições, assegurados pelas Constituição Vistam-se de branco […]
  • Silvia Ferraro: BNCC é novo golpe contra a educação
    Artigo escrito pela Professora Silvia Ferraro, candidata do PSOL ao Senado em São Paulo A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) determina quais são as habilidades e competências fundamentais para cada estágio da Educação Básica. A proposta da BNCC foi homologada pelo MEC no final de 2017 e pode ser aprovada pelo Conselho Nacional de Educação […]
  • A Negritude e o PSOL: Nota da Setorial de Negras e Negros do PSOL SP
      A Negritude e o PSOL Em uma luta muito importante, a negritude do PSOL aprovou no Congresso Nacional do partido em 2015 cotas raciais para as instâncias partidárias estaduais e nacional e a reserva de parte do fundo partidário para a política antirracista no partido. A negritude do PSOL foi vitoriosa em fazer de […]
  • ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA EXECUTIVA ESTADUAL DO PSOL SP – 11/07/2018
    A Direção Estadual do PSOL- SP torna pública a ATA e a resolução aprovada em reunião realizada no último dia 11 de julho de 2018 onde foi definido a distribuição dos recurso do Fundo Especial de Financiamento de Campanha. A distribuição foi feita a partir de critérios estabelecido pela Direção Nacional:       A […]
  • Convenção Estadual do PSol SP será neste sábado, 28 de julho
    A Convenção Eleitoral 2018 do PSOL do estado de São Paulo acontecerá no próximo dia 28 de Julho, sábado, as 9h no Salão Nobre,  no 8º Andar da Câmara Municipal de Vereadores de São Paulo, Viaduto Jacareí, 100, São Paulo – SP. A Convenção aprova a chapa majoritária do PSol, as chapas proporcionais, a política de alianças […]

%d blogueiros gostam disto: