Parlamentares votam contra trabalhadores e rasgam CLT

10 de outubro de 2015 at 1:59 pm Deixe um comentário

Por: Intersindical Central da Classe Trabalhadora

Esses 12 parlamentares votaram o artigo que acaba com os direitos trabalhistas.

NegLeg

A comissão mista, composta por senadores e deputados, que analisou a Medida Provisória 680, aprovou um verdadeiro “jabuti” e introduziu a prevalência do negociado sobre o legislado. Pela regra, incluída por uma manobra do deputado Daniel Vilela (PMDB-GO), os direitos trabalhistas garantidos pela CLT só prevalecerão se não houver convenção ou acordo coletivo que disponha em contrário.

Ou seja, coloca milhões de trabalhadores à mercê de chantagem patronal para que aceitem redução de direitos previstos em lei. A medida, na prática, rasga a CLT e deve acarretar impactos profundos sobre a classe trabalhadora.

“A prevalência da negociação sobre a lei representa o fim da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), atingindo principalmente categorias menos organizadas”, alerta Alexandre Caso, membro da Intersindical Central da Classe Trabalhadora.

Essa medida foi tentada várias vezes na década de 1990. E só não foi aprovada por FHC porque os trabalhadores resistiram e impediram sua aprovação. Nesse momento, a bancada patronal no congresso se aproveita da crise no país para impor tamanho absurdo. “Como a direita não conseguiu vencer a resistência social para aprovar a terceirização, investem agora em outra maneira de dizimar os direitos trabalhistas”, afirma Edson Carneiro Índio, Secretário Geral da Intersindical.

Agora, a MP 680/2015 será votada no Plenário da Câmara e, posteriormente, no Senado.

Veja abaixo relação dos Senadores e Deputados que votaram esse ataque aos seus direitos.

Ajude a denunciar e impedir a aprovação pelo plenário (clique na foto para o contato do parlamentar):

Deputados traidores da classe

Leia também:
Entidades debatem o negociado sobre o legislado na MP 680
Mais um round da ofensiva conservadora para rasgar a CLT
Índio: Programa de Proteção ao Emprego permite a empresas chantagear trabalhador

Anúncios

Entry filed under: Política. Tags: .

Frente Povo Sem Medo! “O povo brasileiro não se alimenta, come algo que acha ser alimento”, afirma líder de movimento camponês

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS PSOL São Paulo

  • Guilherme Boulos | Precisamos falar de justiça tributária
    Artigo publicado originalmente no site do IREE Vivemos um momento de encruzilhada. Acredito que não podemos mais fugir ou empurrar nossos problemas pra frente. A política de ajuste de Temer é a mesma que fracassa a olhos nus e se refugia no “socorro” do FMI na Argentina de Macri. É preciso apontar os problemas estruturais do […]
  • Nota pública: o Brasil diz não a Temer
    Na última semana o governo Temer completou dois anos de ataques à democracia, à soberania e aos direitos sociais. Sua agenda de retrocessos tem como alvos imediatos os direitos trabalhistas e previdenciários, o patrimônio nacional, a legislação ambiental e a capacidade de atuação do Estado, cuja soma coloca em questão os direitos da pessoa humana, […] […]
  • Projeto do PSOL na Alesp proíbe descarte de resíduos tóxicos na natureza
    A bancada do PSOL na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), composta por Carlos Giannazi, João Paulo Rillo e Raul Marcelo, apresentou nesta quarta-feira (23) projeto de lei que proíbe o descarte de resíduos tóxicos na natureza em território do Estado de São Paulo. A ideia da elaboração desta proposta de lei partiu de um […]
  • Executiva Estadual do PSOL SP aprova entrada do deputado João Paulo Rillo
    A Executiva Estadual do PSOL SP reunida neste sábado, 24.03, na sede do partido aprovou por 13 votos a 1, a entrada do Deputado Estadual João Paulo Rillo no PSOL. Nas redes sociais o deputado Rillo se manifestou em publicação com título Um Novo Caminho, no qual apresenta as razões da saída e um pouco das […]
  • Grande Ato em memória de Marielle Franco nesta terça 20.03 às 17h no Masp
    Marielle vive! Convidamos todas e todos, lutadoras e lutadores para um ato político, cultural e ecumênico na próxima terça, dia 20 de março, no vão livre do MASP – Av.Paulista, a partir das 17h. Será um dia de mobilizações nacionais, para transformar nossa dor e indignação em luta. Não podemos tolerar mais tanta violência. O […]

%d blogueiros gostam disto: