Nota de apoio aos metroviários demitidos

11 de junho de 2014 at 9:04 pm Deixe um comentário

logo_novo_01

Como se não bastasse à truculência policial aplicada aos metroviários nos dias 6 e 9 e intransigência do governo em não negociar, Geraldo Alckmin, do PSDB, mostrou mais uma vez sua cara e, nesta segunda-feira, demitiu 42 trabalhadores que exerceram seu direito de greve.

Para calar a categoria e desarticular o movimento grevista, além de se valer da repressão da PM, convocando o Batalhão de Choque na sexta e na última segunda-feira para reprimir os trabalhadores, o governo do estado enviou telegramas aos metroviários, em sua maioria jovens, informando suas demissões por justa causa.

Estas demissões políticas, assim como a ilegalidade da greve e a ameaça de descontos nas folhas de pagamento são exemplos concretos do desespero do governo tucano em finalizar a greve a qualquer custo dias antes do início da Copa do Mundo. Este é o governo da truculência policial, da superlotação dos trens, do sucateamento da saúde e educação e do mensalão tucano.

A INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora declara seu apoio irrestrito à toda a categoria dos metroviários, especialmente aos trabalhadores demitidos, e exige suas imediatas reintegrações.

Pela reintegração dos trabalhadores demitidos! Fora Geraldo Alckmin! Fora PSDB!

Anúncios

Entry filed under: Movimento Sindical. Tags: .

‘Automobilização sindical e movimentos urbanos fortalecem ativismo social’ Uma Copa e milhares de remoções!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS PSOL São Paulo

  • PSOL ingressa com ação de inconstitucionalidade da lei anti-pichação de Doria
    PSOL INGRESSA COM AÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DA LEI ANTI-PICHAÇÃO DE DÓRIA O PSOL São Paulo ingressou na tarde desta quarta-feira, dia 08 de março, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Tribunal de Justiça de São Paulo questionando a Lei Municipal n° 16.612/2017, que instituiu o “Programa de Combate às Pichações” na capital. Aprovada pelo […] […]
  • Nota de repúdio à violência policial que reprimiu ato pacífico na USP
    O PSOL repudia a ação da Polícia Militar que reprimiu violentamente uma manifestação pacífica que ocorria hoje, dia 7 de março de 2017, em frente ao prédio da reitoria da Universidade de São Paulo (USP), em função da pauta bomba que seria discutida no Conselho Universitário (CO). Esta reunião do CO tinha como pauta aprovar […]
  • Projeto de pontos de cultura de São Carlos é interrompido unilateralmente pelo MINC: anúncio de um desmonte estadual em São Paulo
    Por Djalma Nery Com a tendência a entender cultura como entretenimento e eventos pontuais, políticas públicas processuais e de fomento prolongado a determinadas linguagens e manifestações artísticas tem se tornado cada vez mais escassas no orçamento público. As escolhas da atual gestão do Ministério da Cultura apontam para um possível desmonte de políticas p […]
  • A Máquina do Tempo
    Por Manoel Francisco Filho Aprendi com Neil deGrasse Tyson que segundo teoria de Albert Aistein seria possível uma curva no tempo e espaço em algum lugar do Universo, haveria possibilidade de proporcionar um portal para outra dimensão. Nunca fui muito bom em Física, abandonei o curso de Processo de Produção no terceiro semestre, esta ignorância […]
  • Desemprego no Brasil é maior entre negras e negros
    Por Joselicio Junior O estudo feito pelo IBGE, divulgado no último dia 23 de fevereiro, sobre a taxa de desemprego no último trimestre de 2016, demonstram como população negra é a mais atingida nos momentos de crise econômica. Segundo os dados, o ano passado fechou com uma taxa média de desemprego de 12%, porém para […]

%d blogueiros gostam disto: