Trabalhadores atrasam em três horas a produção da Natura, em Cajamar

1 de março de 2014 at 2:26 pm Deixe um comentário

Por: Químicos Unificados

Fotos: Imprensa Químicos Unificados

WEB-destaqu-WP_20140221_022-337x252

Os trabalhadores e trabalhadoras da Natura, em Cajamar, atrasaram a produção por três horas na noite de sexta-feira (21/02/2014) para sábado em protesto contra a recusa por parte da empresa em negociar uma participação nos lucros e resultados (PLR) integral. Na imagem acima, Nilza Pereira, dirigente da Regional Osasco do Unificados fala na assembleia.

WEB-interna-tripa-voto-1-Natura-21_02

Fotos: Imprensa Químicos Unificados

OBS: Todas as fotos das assembleias na Natura estão editadas para evitar identificação dos trabalhadores

Durante o final de semana o Unificados fechou o ciclo de assembleias com os três turnos da empresa, no qual os trabalhadores votaram pelo pagamento do valor integral da PLR; abertura de negociações para formalização de termo aditivo ao acordo; indicação de data para início das negociações e outros itens relacionados às condições de trabalho que serão apresentados posteriormente. A PLR e a jornada de trabalho foram definidas como as prioridades no momento.

A Natura comunicou que não atingiu sua meta e, por esse motivo, irá pagar apenas 15% do valor da “Meta da Empresa”, ao invés dos 30%. Durante a reunião mediada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, realizada em 14 de fevereiro, a empresa afirmou que não está aberta à negociação, o que motivou o protesto dos trabalhadores na assembleia e o atraso na produção.

O sindicato protocolou documento com a pauta de reivindicações e os trabalhadores decidiram aguardar por72 horas para que a empresa se manifeste.

GEDSC DIGITAL CAMERA

Foto:: Imprensa Químicos Unificados

Jornada de trabalho

Vencida desde 2010, a jornada de trabalho na Natura é prioridade para os trabalhadores, porém a empresa vem empurrando a definição. Um argumento colocado pela Natura para não aceitar uma das propostas de jornada feitas pelo sindicato é de que o Corpo de Bombeiros não autoriza sobrepor dois turnos na fábrica, pois o número de pessoas circulando no local seria acima do considerado seguro.

WEB-int-voto-frente-Assembleia-20_02

Foto: Imprensa Químicos Unificados

Esse argumento, no entanto, não é válido para a Natura na hora de organizar as máquinas na produção, uma vez que os trabalhadores ficam amontoados e sem espaço para circular.

A empresa utiliza dois pesos e duas medidas e deixa claro que não está disposta a regularizar a questão da jornada de trabalho e se utiliza de argumentos frágeis para impedir que um acordo favorável aos trabalhadores seja firmado.

O clima na Natura é de insatisfação e a mobilização pelas reivindicações segue firme.

Obs: Na noite de sexta-feira dia 28 de Fevereiro a direção dos Químicos Unificados da Regional Osasco e Intersindical foi impedido de entregar o jornal aos trabalhadores pelo grande aparato  policial, aonde os diretores tiveram que entrar na frente dos ônibus e entregar o jornal pelas janelas que foram abertas pelos trabalhadores.

Foto: Carlos Roberto kaká

Natura (3)Natura (18)Natura (20)Natura (22)Natura (23)Natura (26)Natura (29)Natura (33)

Anúncios

Entry filed under: Movimento Sindical. Tags: , .

Lançamento da Pré- Candidatura à Presidência da República do PSOL Desmilitarizar a polícia de combate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS PSOL São Paulo

  • PSOL ingressa com ação de inconstitucionalidade da lei anti-pichação de Doria
    PSOL INGRESSA COM AÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DA LEI ANTI-PICHAÇÃO DE DÓRIA O PSOL São Paulo ingressou na tarde desta quarta-feira, dia 08 de março, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Tribunal de Justiça de São Paulo questionando a Lei Municipal n° 16.612/2017, que instituiu o “Programa de Combate às Pichações” na capital. Aprovada pelo […] […]
  • Nota de repúdio à violência policial que reprimiu ato pacífico na USP
    O PSOL repudia a ação da Polícia Militar que reprimiu violentamente uma manifestação pacífica que ocorria hoje, dia 7 de março de 2017, em frente ao prédio da reitoria da Universidade de São Paulo (USP), em função da pauta bomba que seria discutida no Conselho Universitário (CO). Esta reunião do CO tinha como pauta aprovar […]
  • Projeto de pontos de cultura de São Carlos é interrompido unilateralmente pelo MINC: anúncio de um desmonte estadual em São Paulo
    Por Djalma Nery Com a tendência a entender cultura como entretenimento e eventos pontuais, políticas públicas processuais e de fomento prolongado a determinadas linguagens e manifestações artísticas tem se tornado cada vez mais escassas no orçamento público. As escolhas da atual gestão do Ministério da Cultura apontam para um possível desmonte de políticas p […]
  • A Máquina do Tempo
    Por Manoel Francisco Filho Aprendi com Neil deGrasse Tyson que segundo teoria de Albert Aistein seria possível uma curva no tempo e espaço em algum lugar do Universo, haveria possibilidade de proporcionar um portal para outra dimensão. Nunca fui muito bom em Física, abandonei o curso de Processo de Produção no terceiro semestre, esta ignorância […]
  • Desemprego no Brasil é maior entre negras e negros
    Por Joselicio Junior O estudo feito pelo IBGE, divulgado no último dia 23 de fevereiro, sobre a taxa de desemprego no último trimestre de 2016, demonstram como população negra é a mais atingida nos momentos de crise econômica. Segundo os dados, o ano passado fechou com uma taxa média de desemprego de 12%, porém para […]

%d blogueiros gostam disto: