Milhares vão às ruas contra a corrupção no sistema metroviário

16 de agosto de 2013 at 10:52 pm Deixe um comentário

15 de agosto de 2013
Interisndical
Acusações envolvem três governos seguidos do PSDB, inclusive o atual, de Geraldo Alkmin

1185398_615273978517655_1981188263_n

"Doutor, eu não me engano, propinoduto é coisa de tucano", cantavam em coro os 3 mil manifestantes no ato realizado nesta quarta-feira, 14. Desde que veio à tona as acusações de formação de cartel montado por diversas empresas em conluio com gestões do Governo do Estado de São Paulo, a Fenametro, Sindicato dos Metroviários, MPL, Intersindical, entre outras entidades se empenham em denunciar amplamente os desvios que chegam na casa dos R$ 425 milhões, segundo diversas reportagens.

_DSC4490 bxPartindo do Vale do Anhangabaú, onde uma bandeira gigante foi pendurada sob o viaduto, a manifestação fez passagens em três locais diretamente ligados ao escândalo: no Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e, por fim, na Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado, onde representantes do Sindicato dos Metroviários, Fenametro e Ferroviários entregaram uma carta com reivindicações.

1097769_562810590449782_1227021688_oTodo o esquema teve início em 1995, ainda no Governo Mário Covas e se estendeu para seus sucessores José Serra e o governador atual, Geraldo Alckmin. Todos pertencem ao mesmo partido, PSDB. Nestes dezoito anos as empresas Siemens, de origem alemã, a francesa Alstom, a canadense Bombardier, a espanhola CAF e a japonesa Mitsui se articulavam para ganhar licitações onde, quando uma recebia o direto a se responsabilizar pelo serviço, esta mesma subcontratava as demais.

_DSC4520 bxCom a denúncia por parte da Siemens – visando se isentar de penalidades judiciais – revelou-se muitos contratos vencidos com superfaturamento de até 30% para serviços de manutenção, aquisição de novos trens e realizações de obras de expansão ferroviária.

Festa com dinheiro público e sufoco nos transportes

Durante estes dezoito anos enquanto a enorme verba foi desviada quase nada se avançou na qualidade e ampliação dos transportes públicos. Com os valores desviados com certeza a população poderia pagar valores menores nas tarifas – tendo maior proximidade com o projeto de tarifa zero –, assim como ter a integração da EMTU com o transporte municipal.

A ampliação do funcionamento e da malha da rede metroviária e ferroviária, também são alguns pontos que poderiam ter recebido avanços.

Anúncios

Entry filed under: Política. Tags: .

Comissão da Verdade A Intersindical participou da atividade no plenário na CCJ contra a PL 4330 que implementa a TERCEIRIZAÇÃO e a PRECARIZAÇÃO no trabalho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS PSOL São Paulo

  • PSOL ingressa com ação de inconstitucionalidade da lei anti-pichação de Doria
    PSOL INGRESSA COM AÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DA LEI ANTI-PICHAÇÃO DE DÓRIA O PSOL São Paulo ingressou na tarde desta quarta-feira, dia 08 de março, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Tribunal de Justiça de São Paulo questionando a Lei Municipal n° 16.612/2017, que instituiu o “Programa de Combate às Pichações” na capital. Aprovada pelo […] […]
  • Nota de repúdio à violência policial que reprimiu ato pacífico na USP
    O PSOL repudia a ação da Polícia Militar que reprimiu violentamente uma manifestação pacífica que ocorria hoje, dia 7 de março de 2017, em frente ao prédio da reitoria da Universidade de São Paulo (USP), em função da pauta bomba que seria discutida no Conselho Universitário (CO). Esta reunião do CO tinha como pauta aprovar […]
  • Projeto de pontos de cultura de São Carlos é interrompido unilateralmente pelo MINC: anúncio de um desmonte estadual em São Paulo
    Por Djalma Nery Com a tendência a entender cultura como entretenimento e eventos pontuais, políticas públicas processuais e de fomento prolongado a determinadas linguagens e manifestações artísticas tem se tornado cada vez mais escassas no orçamento público. As escolhas da atual gestão do Ministério da Cultura apontam para um possível desmonte de políticas p […]
  • A Máquina do Tempo
    Por Manoel Francisco Filho Aprendi com Neil deGrasse Tyson que segundo teoria de Albert Aistein seria possível uma curva no tempo e espaço em algum lugar do Universo, haveria possibilidade de proporcionar um portal para outra dimensão. Nunca fui muito bom em Física, abandonei o curso de Processo de Produção no terceiro semestre, esta ignorância […]
  • Desemprego no Brasil é maior entre negras e negros
    Por Joselicio Junior O estudo feito pelo IBGE, divulgado no último dia 23 de fevereiro, sobre a taxa de desemprego no último trimestre de 2016, demonstram como população negra é a mais atingida nos momentos de crise econômica. Segundo os dados, o ano passado fechou com uma taxa média de desemprego de 12%, porém para […]

%d blogueiros gostam disto: