Bancada do PSOL lança Frente Parlamentar em Defesa da Dignidade Humana e Contra a Violação de Direitos

16 de março de 2013 at 10:38 am Deixe um comentário

Bandeira CâmaraA bancada do PSOL na Câmara dos Deputados vai começar, a partir desta quinta-feira (07), a colher assinaturas para constituição da Frente Parlamentar em Defesa da Dignidade Humana e Contra a Violação de Direitos.
A criação da Frente é criada como forma de protestar contra a eleição do deputado Marco Feliciano (PSC-SP), pastor que já deu várias declarações racistas e homofóbicas, para presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara.
Para criação da Frente Parlamentar são necessárias 157 assinaturas (1/3 da Casa). Depois as assinaturas são encaminhadas à Mesa Diretora, juntamente com o Estatuto. Em seguida, é definida a data de instalação da Frente.
“A eleição do deputado Feliciano inviabiliza os trabalhos da comissão. Será uma comissão dos valores religiosos, do fundamentalismo e da higienização da raça”, avalia o deputado Chico Alencar (RJ).
A eleição
Com o plenário de portas fechadas, somente com a presença de parlamentares e servidores, teve início a reunião da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, na manhã desta quinta-feira. Os manifestantes, que ontem lotaram o plenário, foram impedidos de entrar pelos seguranças da Casa e ficaram na entrada do corredor das Comissões.
Vários parlamentares defensores dos direitos humanos tentaram impedir a votação. O deputado Jean Wyllys (PSOL/RJ) alertou que Marco Feliciano responde à ação administrativa na Câmara por suas declarações homofóbicas. Jean Wyllys criticou a ausência da população na sessão, já que essa é uma Casa do povo e não deveria ser impedida de participar de decisões.
O presidente da Comissão, deputado Domingos Dutra (PT/MA), desde o início se mostrou contrário à indicação de Marco Feliciano para o cargo. Ontem ele suspendeu a reunião. Hoje, renunciou ao cargo e deixou o plenário, acompanhado por parlamentares do PT e PSOL. “A Comissão não pode ser um curral fundamentalista”, disse Dutra.
Para o deputado Jean Wyllys, um acordo partidário não pode ser maior do que a coerência, referindo-se ao acordo entre partidos que deu a vaga na presidência da CDHM. “A força está no nosso trabalho e vamos continuar agora com a Frente Parlamentar”.
“Não vamos assistir passivamente o sepultamento da Comissão e permitir que o direito humano seja um espaço de intransigência e fundamentalismo”, completou o deputado Chico Alencar (PSOL/RJ), que propôs o nome da deputada Luiza Erundina (PSB/SP) para a presidência da Frente Parlamentar.
Marco Feliciano foi eleito com 11 votos a favor e um em branco.

Fonte: Liderança do PSOL na Câmara

Anúncios

Entry filed under: Política, Psol. Tags: .

Diálogos do Movimento: Shell e Basf condenadas pela justiça. 4º Congresso do PSOL será de 29 de novembro a 1º de dezembro, conforme decisão da Executiva Nacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS PSOL São Paulo

  • PSOL ingressa com ação de inconstitucionalidade da lei anti-pichação de Doria
    PSOL INGRESSA COM AÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DA LEI ANTI-PICHAÇÃO DE DÓRIA O PSOL São Paulo ingressou na tarde desta quarta-feira, dia 08 de março, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Tribunal de Justiça de São Paulo questionando a Lei Municipal n° 16.612/2017, que instituiu o “Programa de Combate às Pichações” na capital. Aprovada pelo […] […]
  • Nota de repúdio à violência policial que reprimiu ato pacífico na USP
    O PSOL repudia a ação da Polícia Militar que reprimiu violentamente uma manifestação pacífica que ocorria hoje, dia 7 de março de 2017, em frente ao prédio da reitoria da Universidade de São Paulo (USP), em função da pauta bomba que seria discutida no Conselho Universitário (CO). Esta reunião do CO tinha como pauta aprovar […]
  • Projeto de pontos de cultura de São Carlos é interrompido unilateralmente pelo MINC: anúncio de um desmonte estadual em São Paulo
    Por Djalma Nery Com a tendência a entender cultura como entretenimento e eventos pontuais, políticas públicas processuais e de fomento prolongado a determinadas linguagens e manifestações artísticas tem se tornado cada vez mais escassas no orçamento público. As escolhas da atual gestão do Ministério da Cultura apontam para um possível desmonte de políticas p […]
  • A Máquina do Tempo
    Por Manoel Francisco Filho Aprendi com Neil deGrasse Tyson que segundo teoria de Albert Aistein seria possível uma curva no tempo e espaço em algum lugar do Universo, haveria possibilidade de proporcionar um portal para outra dimensão. Nunca fui muito bom em Física, abandonei o curso de Processo de Produção no terceiro semestre, esta ignorância […]
  • Desemprego no Brasil é maior entre negras e negros
    Por Joselicio Junior O estudo feito pelo IBGE, divulgado no último dia 23 de fevereiro, sobre a taxa de desemprego no último trimestre de 2016, demonstram como população negra é a mais atingida nos momentos de crise econômica. Segundo os dados, o ano passado fechou com uma taxa média de desemprego de 12%, porém para […]

%d blogueiros gostam disto: