Chávez: se perpetrarem outro golpe, revolução não será desarmada

21 de abril de 2012 at 1:00 pm Deixe um comentário

 

imagemmenor (6)O presidente Hugo Chávez aconselhou, nesta quinta-feira (12), aos setores mais conservadores da Venezuela a não repetirem as ações de 11 de abril de 2002, quando perpetraram um golpe de Estado contra o governo legalmente constituído.

"Não se equivoquem de novo", advertiu o mandatário, "porque se o fizerem" – alertou – "nós não nos equivocaremos".

Pouco depois de chegar ao país vindo de Havana, onde completou o terceiro ciclo de tratamento com radioterapia, o mandatário se reuniu, durante a madrugada, com vários membros de seu gabinete.
"O 11 de abril de 2002 foi um dia que marcou a história venezuelana", disse ao iniciar a conversa, que foi transmitida ao vivo e em rede nacional pela Venezuelana de Televisão.
Chávez perguntou ao jornalista José Vicente Rangel, também presente, sua opinião sobre o momento em que começaram os preparativos para o golpe perpetrado pela oligarquia venezuelana com o respaldo dos Estados Unidos e o apoio dos meios privados de difusão e alguns oficiais da cúpula militar.
"Foi em 6 de dezembro de 1998, quando você ganhou as eleições, que começaram os preparativos", explicou Rangel, que no momento do golpe atuava como ministro de Defesa.
Segundo Rangel, existiam realmente vários planos e o primeiro era assassinar Chávez no Palácio de Miraflores.
"Como isso falhou e também fracassou o golpe, que era o segundo plano, colocaram em prática o terceiro, que foi a paralisação petroleira", explicou.
Ao referir-se aos dois primeiros planos, Chávez comentou que fracassaram pela reação do povo venezuelano, que saiu às ruas por sua restituição à frente do governo.
"Presto meu reconhecimento aos que deram sua vida para salvar a vida deste soldado", afirmou o mandatário ao referir-se aos que caíram durante esses dias ao enfrentarem os golpistas.
Destacou, assim que com a reversão do golpe foi conseguida graçãs à reação perfeita liderada pela união cívico-militar.
"O império e a burguesia em 2002 conseguiram que se conjugasse a equação perfeita: a união cívico-militar e é o que passaria de novo", reiterou Chávez.
Finalmente, fez questão da advertência à burguesia e a quem a respalda, de não repetir o que já fizeram em 2002 e lhes recordou que "esta não é uma revolução desarmada".
Fonte: Prensa Latina

Anúncios

Entry filed under: Internacional. Tags: , .

10 anos do golpe na Venezuela: cada 11 tem seu 13 Leonardo Boff: ‘Precisamos aliar a justiça social com a ecológica’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS PSOL São Paulo

  • PSOL ingressa com ação de inconstitucionalidade da lei anti-pichação de Doria
    PSOL INGRESSA COM AÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DA LEI ANTI-PICHAÇÃO DE DÓRIA O PSOL São Paulo ingressou na tarde desta quarta-feira, dia 08 de março, com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Tribunal de Justiça de São Paulo questionando a Lei Municipal n° 16.612/2017, que instituiu o “Programa de Combate às Pichações” na capital. Aprovada pelo […] […]
  • Nota de repúdio à violência policial que reprimiu ato pacífico na USP
    O PSOL repudia a ação da Polícia Militar que reprimiu violentamente uma manifestação pacífica que ocorria hoje, dia 7 de março de 2017, em frente ao prédio da reitoria da Universidade de São Paulo (USP), em função da pauta bomba que seria discutida no Conselho Universitário (CO). Esta reunião do CO tinha como pauta aprovar […]
  • Projeto de pontos de cultura de São Carlos é interrompido unilateralmente pelo MINC: anúncio de um desmonte estadual em São Paulo
    Por Djalma Nery Com a tendência a entender cultura como entretenimento e eventos pontuais, políticas públicas processuais e de fomento prolongado a determinadas linguagens e manifestações artísticas tem se tornado cada vez mais escassas no orçamento público. As escolhas da atual gestão do Ministério da Cultura apontam para um possível desmonte de políticas p […]
  • A Máquina do Tempo
    Por Manoel Francisco Filho Aprendi com Neil deGrasse Tyson que segundo teoria de Albert Aistein seria possível uma curva no tempo e espaço em algum lugar do Universo, haveria possibilidade de proporcionar um portal para outra dimensão. Nunca fui muito bom em Física, abandonei o curso de Processo de Produção no terceiro semestre, esta ignorância […]
  • Desemprego no Brasil é maior entre negras e negros
    Por Joselicio Junior O estudo feito pelo IBGE, divulgado no último dia 23 de fevereiro, sobre a taxa de desemprego no último trimestre de 2016, demonstram como população negra é a mais atingida nos momentos de crise econômica. Segundo os dados, o ano passado fechou com uma taxa média de desemprego de 12%, porém para […]

%d blogueiros gostam disto: