Fundadora das Mães da Praça de Maio é espancada na Argentina

17 de março de 2012 at 1:02 am Deixe um comentário

Da página Operamundi

“Eles ficaram uma hora em minha casa e me torturaram. Não foi um assalto ou roubo”, disse Nora Centeno

brutal-centeno-mauricio-nievasla-plata_claima20120313_0206_22_0Uma das fundadoras das Mães da Praça de Maio, grupo que busca desaparecidos durante a ditadura argentina, foi brutalmente espancada no último sábado (10/03) na cidade de La Plata. Nora Centeno, de 78 anos, foi agredida por três homens que invadiram sua casa para supostamente praticar um assalto.

A vítima, no entanto, diz não acreditar que foi um crime comum. “Eles ficaram uma hora em minha casa e me torturaram. Não foi um assalto ou roubo”, disse Nora, que ficou com o rosto repleto de hematomas. Foi um crime com “coloração política”, garantiu. Ela perdeu um filho em 1976, logo no início do último regime militar na Argentina, que terminou em 1983 com um saldo de mais de 30 mil opositores mortos ou desaparecidos.

“Como disse a eles que não tinha nada me arrastaram até o quintal uns vinte metros. Neste momento lhes disse que era uma Madre de Plaza de Mayo e pedi que não me batessem mais”, relatou Centeno. “Eles se irritaram mais ainda, me deram uma coronhada e me arrastaram de novo até a casa porque disse que tinha 500 pesos guardados”.

Embora a polícia ainda não tenha encontrado indícios de ligação de grupos de direita com o crime, já que os assaltantes já entraram na casa da idosa pedindo dinheiro, ela estranha o fato de ter sido a única agredida, já que outros familiares estavam em casa e foram presos em outro cômodo da casa.

“Eram jovens, mas não pareciam ser marginais. O que bateu em mim não estava drogado. Falavam bem. Não foi um assalto ou roubo. O que fizeram comigo foi uma verdadeira tortura. Quero que a Justiça investigue o caso a fundo para ver quem os mandou aqui”, completou Nora Centeno.

Anúncios

Entry filed under: América latina. Tags: .

Aos 87 anos, morre o Prof. Aziz Ab’Saber Prévias no PSOL–Entrevistas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


RSS PSOL São Paulo

  • Executiva Estadual do PSOL SP aprova entrada do deputado João Paulo Rillo
    A Executiva Estadual do PSOL SP reunida neste sábado, 24.03, na sede do partido aprovou por 13 votos a 1, a entrada do Deputado Estadual João Paulo Rillo no PSOL. Nas redes sociais o deputado Rillo se manifestou em publicação com título Um Novo Caminho, no qual apresenta as razões da saída e um pouco das […]
  • Grande Ato em memória de Marielle Franco nesta terça 20.03 às 17h no Masp
    Marielle vive! Convidamos todas e todos, lutadoras e lutadores para um ato político, cultural e ecumênico na próxima terça, dia 20 de março, no vão livre do MASP – Av.Paulista, a partir das 17h. Será um dia de mobilizações nacionais, para transformar nossa dor e indignação em luta. Não podemos tolerar mais tanta violência. O […]
  • Atos em memória de Marielle Franco pelo estado de São Paulo
    A onda de mobilizações e indignação que tomou conta do Brasil desde ontem, contra o brutal e covarde execução da vereadora do Rio Marielle Franco do PSOL, que além de ser mulher negra, favelada, lésbica e mãe, também fazia de sua atuação uma trincheira de defesa dos direitos, de denúncia dos abusos policiais, da violência […]
  • PSOL SP convoca ato: contra o genocídio, Marielle presente!
    O PSOL SP está em choque com a notícia do assassinato da companheira Marielle Franco. Uma das vereadoras cariocas mais votadas, eleita em 2016, mulher, negra,moradora de favela, ativista dos Direitos Humanos, orgulho do PSOL. Lamentamos também a morte do camarada Anderson Pedro Gomes, que estava dirigindo o carro que foi brutalmente atacado. Transformaremos […]
  • Pela vida das mulheres: direitos e democracia! Dória sai, fica aposentadoria!
    Por Laura Cymbalista e Maria Aparecida Freitas Sales, educadoras da rede municipal de São Paulo e diretoras do SINPEEM. Em greve desde 08 de março! No último 08 de março ocupamos às ruas para combater o machismo, o racismo e a violência. Ocupamos para dizer que nossas vidas e nossos corpos não tem dono. Nem patrões, […]

%d blogueiros gostam disto: